Portal Voz Amazônica

Ao “Roda Viva’, Omar fala sobre negacionismo de Jair Bolsonaro

“O presidente Bolsonaro, desde o primeiro momento, foi negacionista. Todo mundo sabe disso”, disse o o senador amazonense.

O senador pelo PSD-AM e presidente da CPI da Covid-19, Omar Aziz,  foi o entrevistado do ‘Roda Viva’ nesta segunda-feira (03/05). Aziz declarou que o país “saiu da soberba e foi para a humildade” depois que a Comissão Parlamentar de Inquérito foi instalada. Ele também chamou o ministro Paulo Guedes de “um grande puxa-saco americano” e declarou que médicos cubanos fizeram falta no Norte e Nordeste durante a pandemia.

“O presidente Bolsonaro, desde o primeiro momento, foi negacionista. Todo mundo sabe disso”, disse o o senador amazonense.

Durante a entrevista, feita de forma remota entre os jornalistas entrevistadores em São Paulo e o senador em Brasília, Omar foi questionado se o Exército seria investigado pela CPI. O Senador afirmou que quem está sob investigação é o general Pazuello, ex-ministro da saúde e não o exército. O senador ainda falou que as criticas de militares ou civis aos políticos e ao congresso nacional são normais.

Sobre os depoimentos que começam nesta terça, o presidente da CPI afirmou que os senadores não podem tirar proveito político dessa situação. Omar disse que chamará a atenção de todos os depoentes que tentarem usar os depoimentos para ganhar holofotes políticos.

Questionado sobre a denuncia do MPF contra o Governador do Amazonas Wilson Lima (PSC-AM) , Omar preferiu tangenciar e não quis opinar sobre a culpabilidade ou não do gestor estadual. “os denunciados terão chance de se defender das acusações”

Assista a entrevista no link abaixo:

https://twitter.com/i/events/1387830313192067073?s=20

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.