Portal Voz Amazônica

Estupidez: quando a ignorância sobrepuja a flexibilidade

ACIDENTE | Manhã relativamente plácida, dum dia desses… Diante desses olhos que serão fatalmente escavados pela terra, no cruzamento da Av. Borba com a Rua Ajuricaba, no bairro da “Caxuxa”, a nossa querida Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus. O ônibus aloprado, sobranceiro, imponente, superior, inflexível, esfola-se todo na dureza da carroceria do caminhão lento, feita com pau de dar em doido, maciça, forte… O motorista do ônibus desceu veloz, inobservante, invasivo, sem prumo e sem rumo, encorajado pela apressassão das horas e da sua ignorância, presumindo que poderia tudo, inclusive matar alguém. O caminhão, desavisado pela letargiada distração, virou uma superfície vulnerável colidida por um asteróide sem governo. Um condutor estúpido versus outro condutor descuidado, desatento, lânguido… Um monarca da estupidez, e um rei da negligência. Uma ocorrência que poderia ter matado pessoas inocentes. Um episódio corriqueiro e habitual na nossa Grande Aldeia. A ignorância vira as costas para a flexibilidade.

Foto e texto: Paulo Queiroz

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.