Portal Voz Amazônica

Nova Comissão de Ética dos Jornalistas no Amazonas conta com representação da OAB

Os profissionais do Direito passam a compor a representação da sociedade civil na CE dos jornalistas que tem como objetivo acolher denúncias, investigá-las e, ao final, emitir parecer aos casos que infrinjam a ética no exercício profissional do jornalismo.

Manaus – Indicados em Assembleia Geral virtual, realizada no último dia 10/03, os nomes dos advogados Carlos Santiago e Cassius Clei foram aprovados pela presidência da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, Seção Amazonas, para representação da instituição junto a Comissão de Ética – CE, do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas – SJP/AM, ao triênio 2021 a 2023.

Os profissionais do Direito passam a compor a representação da sociedade civil na CE dos jornalistas que tem como objetivo acolher denúncias, investigá-las e, ao final, emitir parecer aos casos que infrinjam a ética no exercício profissional do jornalismo. E, no último dia 19/03, a presidente do Conselho Seccional do Amazonas da Ordem dos Advogados do Brasil, Dra. Grace Benayon, autorizou a participação dos advogados em nome da OAB/AM.

Representação

Carlos Santiago é advogado e sociólogo, coordenador do Comitê do Amazonas de Combate à Corrupção, presidente da Comissão de Reforma Política da OAB/AM, além de ter sido presidente da Associação dos Cientistas Sociais do Amazonas. Cassius Clei é advogado e administrador, coordenador do Comitê do Amazonas de Combate à Corrupção e membro da Comissão do Direito Eleitoral do Conselho Federal da OAB. Ambos são membros da Academia de Letras e Culturas da Amazônia – ALCAMA.

Os Drs. Carlos Santiago e Cassius Clei Aguiar são membros da Academia de Letras e Culturas da Amazônia (ALCAMA).

A Comissão Ética do SJP/AM, composta por jornalistas experientes na profissão, terá também, na condição de membro representante da sociedade civil, a professora Jonária França, coordenadora de Curso de Jornalismo do Centro Universitário do Norte – Uninorte.

A CE do SJP/AM não tem nenhuma remuneração ou ajuda de custo. A participação de todos os membros ocorrerá a título de colaboração e objetiva melhorar a qualidade nas relações de produção jornalística, fazendo cumprir o Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros.

Da Redação: 

Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (SJP/AM)

Secretaria Imprensa e Divulgação

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.