Portal Voz Amazônica

TEMPO FERIDO…

Não há esperança sem fé,
Nem alegria sem busca,
Parece que estamos inertes,
Não captamos esses instantes,
Frias horas, dias tristes,
E as vidas sendo ceifadas…
Parece que o amanhã não existe,
E pagamos caro, mui caro…
Sentimos arrepios, e até desvarios,
Mas vamos olhar o horizonte,
Sorrir e abraçar parentes e amigos,
Ouvir uma bela canção…
Daqui a pouco talvez não estejam contigo,
Está caro viver nesse mundo de assombro,
Peçamos ao universo que regue sempre nossas VIDAS,
Com saúde, certezas e paz,
Orar, orar porque são muitos os vazios…e tantas as feridas.

Da Redação:

Manoel Domingos de Oliveira para o Portal Voz Amazônica e para a Rádio Cultural da Amazônia

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.