Portal Voz Amazônica

Vereadora Professora Jacqueline propõe criação da Frente Parlamentar em Defesa da Zona Rural

Durante a apresentação da proposta, a vereadora destacou as principais dificuldades em infraestrutura, energia elétrica entre demandas enfrentadas pela população residente na zona rural da capital

Manaus – A vereadora Professora Jacqueline (Pode), apresentou Projeto de Resolução propondo a criação da Frente Parlamentar em Defesa da Zona Rural, rodoviária e ribeirinha, no âmbito da Câmara Municipal de Manaus (CMM). Durante a apresentação da proposta, a vereadora destacou as principais dificuldades em infraestrutura, energia elétrica entre demandas enfrentadas pela população residente na zona rural da capital.

“A zona rural muitas vezes deixa de ser vista pelo poder público. Não tem distrito de obras, faltam patrulhas mecanizadas. No Projeto de Assentamento (PA) Tarumã-Mirim, existem sete escolas e os moradores vivem um drama nesse período de chuva, ninguém entra e ninguém sai”, criticou Professora Jacqueline.

Ainda de acordo com a vereadora, falta profissionais de saúde nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), na zona rural. “As UBS estão abandonadas, não tem profissionais e falta médico para atestado de óbito nessa pandemia”, afirmou Jacqueline.

Compromissos

Além de promover a articulação de políticas públicas para o desenvolvimento da educação, agricultura, pesca, pecuária, turismo, preservação do ecossistema, incentivo as manifestações culturais, artísticas e esportivas da região, os parlamentares da Frente vão trabalhar para promover o diálogo entre poder público e sociedade civil organizada e recolher subsídios para a definição de uma política municipal em defesa da zona rural rodoviária e ribeirinha.

Frente Parlamentar será composta por vereadores, por meio de adesão. Será composta por presidente, vice-presidente e os demais membros, todos eleitos entre os participantes. As ONG poderão aderir à Frente Parlamentar na condição de apoiadores, desde que também subscrevam o Termo de Adesão e estejam de acordo com os princípios e compromissos a serem defendidos e observados.

Da Redação

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.